“Teoria do Rock” é matéria na UFF

O segundo semestre de 2012 na Universidade Federal Fluminense além de começar em Novembro (devido ao prolongado período de greve), trás como outra peculiaridade uma grata surpresa para os fãs de Rock e seus afins, uma disciplina da grade de Estudos de Mídia, voltado especificamente para a análise e o estudo desse gênero musical. A ideia do curso é trabalhar com as algumas regras do gênero e de algumas vertentes, transformando afetos em questões acadêmicas, “não é apenas rock’n’roll”. Vejam o que diz parte da ementa:

“(…) a ideia do curso de Teoria do Rock é apresentar uma história social por trás da vertente. Logo, um dos focos é compreender a história e o desenvolvimento social – e midiático – do rock mundial (Elvis, a juventude do contexto do pós-guerra, a produção atual). Para sairmos do lugar-comum “é apenas rock’n’roll, mas eu gosto”, analisaremos as culturas do rock, a partir dos valores de produção, circulação e consumo de seus subgêneros, assim como as disputas com demais gêneros musicais. Estudos recentes apresentados por autores como Simon Frith, Jeder Janotti Jr, Paul Friedlander, Holly Kruse e Harris Berger apontam que há um universo inter-relacionado de elementos musicais, líricos, culturais, econômicos e tecnológicos inserido na cultura do rock. (…)” 

Com uma fila de espera bem grande para uma matéria optativa, o curso pode ser considerado um sucesso de público, mas segundo as professoras responsáveis, os alunos não terão muito tempo para “bater-cabeça” durante as aulas, o conteúdo é denso e tem muito a ser discutido. O curso e sua bibliografia são um prato cheio para aqueles que pesquisam, gostariam de pesquisar ou apenas ter um conhecimento mais aprofundado sobre gênero.
A disciplina é ministrada por Simone Sá, professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e do curso de Mídia da Universidade Federal Fluminense, também coordenadora do LabCult (- Laboratório de Pesquisa em Culturas Urbanas e Tecnologias) e Melina Santos, graduação em Comunicação Social (2007) pelo Centro Universitário de Barra Mansa (UBM), mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF) e membro do LabCult, seu trabalho é voltado para o Metal e analisa os processos de distribuição musical na internet.
E esse semestre promete ser bastante produtivo para o Rockalogy, já que sou uma das alunas inscritas na matéria e ela é tudo e um pouquinho mais do que venho trabalhando no blog desde 2009, quando comecei a graduação em Estudos de Mídia. Espero que “essa moda pegue” e possamos ver mais disciplinas, em mais cursos, em mais instituições com esse foco.
Anúncios

Sobre Natália Ribeiro

*Editora do blog Rockalogy desde 2009 *Editora e Produtora do canal Metal Ground *Mestranda em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense - UFF *Graduação em Estudos de Mídia - UFF *Membro do Laboratório de Pesquisa em Culturas e Tecnologias da Comunicação - LabCULT, ligado ao PPGCOM/UFF. *Headbanguer Full Time

Publicado em 16 de dezembro de 2012, em Posts. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Como eu gostaria de estudar em Niterói !!

  2. ESSA EU QUERIA VER DE PERTO! SÓ VAI TER HISTÓRIA DE BANDA MARQUETEIRA!

  3. Gostaria de um link ou contato sobre o curso… Sou professor de Psicologia e fiquei muito curioso. George OliSan

  1. Pingback: Universidade de Rock | Metal Busted !

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: