Death Metal

“Do mesmo modo que o thrash metal era uma segunda onda substancial do heavy metal, o death metal representava um terceiro estágio evolutivo. Quando finalmente chegou à frente, no começo da década de 1990, o death metal elevou as composições do metal a um novo nível brutal de profundidade melódica, proezas compositivas e habilidade técnica.”
“Enquanto o heavy metal nasceu na Inglaterra e o thrash metal tinha seu coração em San Francisco, as sementes do death metal serial plantadas por todo mundo. O fenômeno era um produto puro das trocas de fitas underground.”
(Christe, Ian: SP 2010 p306)
Antes de falarmos de “evolução”, é interessante pensarmos no processo evolutivo, que se faz de pequenas “mutações”, o Death Metal não é o produto simples da mistura do Thrash Metal com o Black Metal, esse coeficiente pode ser até aceito como uma forma de simplificação, mas quando estamos falando de estilos e vertentes do Heavy Metal, muitas vezes trata-se de algo complexo e disperso no espaço.
O segundo trecho destacado mostra claramente isso. Em 1990 não existia internet na forma como conhecemos hoje, os contatos e as trocas por carta eram muito importantes para a circulação das bandas e existia um público ávido por novidades. O Metallica estava em seu Black Album, o metal mainstream começava a ficar cada vez mais “manso”, enquanto no underground o movimento era outro, bandas cada vez mais brutais aparecendo.
Os dessa geração já cresceram ouvindo Black Sabbath, Venon, já vieram acompanhados de todo um “background” de peso metálico, passaram pelo auge da década de 80, e agora sabiam o que fazer com toda aquela técnica e potencial explosivo. Mais rápido que o Thrash, mais técnicos e satânico que o Black Metal, o Death Metal teve no underground o meio ambiente certo para se desenvolver e tomar força.
Sem dúvidas o Death Metal elevou o Heavy Metal a outro nível de peso e técnica, vocais guturais monstruosos começaram a aparecer, riffs cada vez mais velozes e técnicos, letras cada vez mais “blasfemicas” e insanas. O Death Metal exige uma “iniciação”, e é um dos estilos mais adorados dentro do Heavy Metal.
Algumas bandas do estilo:
Morbid Angel, Death, Deicide, Vader, Sepultura, Cannibal Corpse, Obituary etc. (confira algumas músicas na playlist na lateral do blog)
Natália RR
Anúncios

Sobre Natália Ribeiro

*Editora do blog Rockalogy desde 2009 *Editora e Produtora do canal Metal Ground *Mestranda em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense - UFF *Graduação em Estudos de Mídia - UFF *Membro do Laboratório de Pesquisa em Culturas e Tecnologias da Comunicação - LabCULT, ligado ao PPGCOM/UFF. *Headbanguer Full Time

Publicado em 23 de maio de 2011, em Posts. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: