Vídeo da semana – Shades of Grey, Biohazard

Fazia tempo que essa “seção” não aparecia aqui no Rockalogy. O vídeo de hoje é um clip da banda Biohazard, conhecida como uma das primeiras bandas a misturar Punk Hardcore e Heavy Metal, o famoso Crossover. A música é “Shades of Grey”, do segundo disco, “Urban Discipline”, lançado pela Roadrunner em 1992, com a seguinte formação:
Evan Seinfeld – (b,v)
Billy Graziadei – (g,v)
Bobby Hambel – (g)
Danny Schuler – (d)
Em 92 o Heavy Metal, o Thrash Metal e o Punk já não eram os mesmos, já tinham passado pelos seus auges, a tendência era de que em algum momento, eles se tocassem. O Biohazard, uma banda do Brooklyn em Nova York então tomou a dianteira, adicionando também uma pitada de Rap/Hip Hop ao lance, como não poderia deixar de ser, afinal, estamos no Brooklyn, vale também lembrar que Bring the Noise do Anthrax com o Public Enemy é basicamente da mesma época.
O vídeo é bem emblemático, e apesar de parecer muito que a banda tem simpatia à política facista e o White Power, a banda faz questão de negar seu envolvimento com esses movimentos, sendo o próprio vocalista Seinfeld, judeu. O que o vídeo mostra é uma explosão Hardcore, potencializada com a força do Metal.

Letra:

I make now a stand for belief that I’m steadfast
In hating all of the bullshit you give me about my future, present and past
Who are you to infringe your values upon me, I’ve learned the hard way
Stepping on my toes, you’ve put my back to the wall, my back to the wall
I’ve been told a thousand times to give respect when due
Why do you find it so hard to believe I’ve got none for you
It’s my heart and my mind that I’ll always follow, I will not break
Nor will my balls, although that I’ve seen that you’ve tried before
Why are people fake ?

Chorus:

Maybe you’re older, wiser in your own right, it’s your mistake
I’m gonna do my own thing regardless, my choice to make
I am real, in touch with my feelings, and I know my place
You have shown, on the other hand, both sides of your face

I see the world in a different light
Things no always black and white
Through all these years still, to this day
My hardened eyes see only shades of grey

I would never try and tell you what was right from wrong
Maybe that’s why you feel that I don’t belong
Always put me down for things I’ve said and done
Can’t you see it’s a war that can’t be won

Lead

A war that can’t be won

Living in your world seems so clear on concise
Shutting out reality makes everything so nice
Paint a pretty picture black and white everyday
See my tattered canvass bleeding shades of grey

Chorus

Anúncios

Sobre Natália Ribeiro

*Editora do blog Rockalogy desde 2009 *Editora e Produtora do canal Metal Ground *Mestranda em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense - UFF *Graduação em Estudos de Mídia - UFF *Membro do Laboratório de Pesquisa em Culturas e Tecnologias da Comunicação - LabCULT, ligado ao PPGCOM/UFF. *Headbanguer Full Time

Publicado em 25 de abril de 2011, em Posts. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: