Falta de integração

O que mede a “qualidade” de uma cena underground é a interação entre os seus elementos: público, bandas e lugares. Se o público não se relaciona com as bandas, ou as bandas não têm lugar para se apresentarem, isso é sintoma de má integração. Não dá para pensar um elemento separado do outro, eles estão sempre juntos de alguma forma.
No Rio de Janeiro temos centenas de bandas, e não obrigação de ninguém conhecer uma por uma, mas muitas vezes a banda está ali, no nosso espaço, e nunca ouvimos falar. É estranho quando lemos em alguma mídia especializada algo do tipo: “a melhor banda de Deathcore do Rio de Janeiro”, e você nem sabia que existia essa banda, às vezes é publicidade barata, às vezes a banda é boa mesmo.
O problema é bem simples, falta de comunicação, falta de interação da banda com a galera do local, falta de interação da galera do local com a banda ou falta de local, leia-se caçar lugar para tocar.
Às vezes eu penso que há certa indisposição de algumas banda em relação a cena local, por uma série de motivos, mas a principal característica da cena underground é a questão do local, se a banda tem reconhecimento no seu local isso é mais do que prova que ela está no caminho certo e está bem sucedida.
Natália RR
Anúncios

Sobre Natália Ribeiro

*Editora do blog Rockalogy desde 2009 *Editora e Produtora do canal Metal Ground *Mestranda em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense - UFF *Graduação em Estudos de Mídia - UFF *Membro do Laboratório de Pesquisa em Culturas e Tecnologias da Comunicação - LabCULT, ligado ao PPGCOM/UFF. *Headbanguer Full Time

Publicado em 3 de fevereiro de 2011, em Posts. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Concordo com vc de certa forma, mas também acontece muito das bandas em geral não se ajudarem. Por exemplo se em JPA a cena está fraca não é só por causa desses produtores bossais, eu acho que muitas bandas estão querendo tocar e divulgar o seu som mas não valorizam onde se pode tocar, é óbvio que, na maioria das vezes o som e o local vai ser ruim porque não existe parceria entre as bandas e produtores p/ que se faça um evento no mínimo aceitável, as próprias bandas em si criam rivalidade e tem sempre aquela coisa de panelinha se tal banda vai tocar aquele pessoal só vai ver aquela banda. Eu acho que p/ resgatar a cena underground no Rio e em JPA tem que se criar uma espécie de acordo entre bandas/bandas e bandas/produtores pra coisa dar certo. O underground tem que se tornar profissional, como um sistema só, cada um ajudando da maneira que pode sem ninguém ficar de fora.

  2. Assino embaixo do que o J.P disse. As bandas tem que se unir e tem que haver uma negociação melhor entre produtores e banda. O público deve estar presente sempre, inclusive discutindo essas questões também, a final quem paga o ingresso é ele, e tem o direito de assistir a um bom show.

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: