Pensando o Underground

É muito difícil ter como objeto de estudo a cena underground, de onde quer que seja, pois é um ambiente orgânico em constante mutação, poucos esforços foram feitos até então neste sentido. Do nada aparece uma tendência, uma banda, as próprias pessoas mudam muito, pois trata-se de um público majoritariamente jovem, e ao mesmo tempo é tudo muito intenso.
As bandas underground têm pouca infra-estrutura, passam por diversas adversidades, mas mesmo assim produzem e na minha teoria é isso que mantêm a chama acessa, pois a multidão que pode lotar um show é composta por um público, que forma suas opiniões não apenas do que vem de cima, mas também do resultado mais incisivo do contato intra-indivíduos, que acontece no âmbito local.

O fato de bandas underground não fazerem uma divulgação mais incisiva do seu trabalho, procurando sites e publicações especializados confirma essa questão local do underground não é que essas mídias não divulguem mas elas não são procuradas por essas bandas, poucas bandas do underground fazem esse esforço para uma divulgação mais a longa distância, digamos assim. Um dos motivos que eu posso imaginar é que não é tão interessante uma banda do Rio de Janeiro veicular seu som numa rádio alternativa do Paraná, se ela não vai ter condições de se apresentar por lá, por exemplo. Essas bandas recebem muito pouco ou quase nada, isso quando não pagam para poder tocar, bancar uma viajem dessas sai caro. Como eu disse falta estrutura, mas eu espero que com o meu trabalho de pesquisa eu possa de alguma forma mudar um pouco esse quadro.

Natália R. Ribeiro

Anúncios

Sobre Natália Ribeiro

*Editora do blog Rockalogy desde 2009 *Editora e Produtora do canal Metal Ground *Mestranda em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense - UFF *Graduação em Estudos de Mídia - UFF *Membro do Laboratório de Pesquisa em Culturas e Tecnologias da Comunicação - LabCULT, ligado ao PPGCOM/UFF. *Headbanguer Full Time

Publicado em 26 de maio de 2010, em Posts. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

  2. As pessoas dentro do underground tem diferentes visões do próprio underground.Isso provavelmente dificultao estudo,mas deve torna-lo mas diversificado(opinião de leigo rs).Agora, vc tem uma banda nao tem apoio nem suporte,nao consegue achar um caminho pra crescer,vc desiste.Hj em dia nao basta só ter o talento ,vc tem q ralar muito mais q a 20 anos atrás,quando deveria ser ao contrario.Cada tecnologia q surge parece facilitar quando na verdade ela t obriga a se adaptar,e vc parece nao ter escolha é muito complicado,a um caminho novo pra vc ter uma banda,q ainda está pouco explorado e quase invisível.

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: